A emotividade, a simplicidade e a entrega implícitas nas palavras que compõem um álbum em todos os aspectos especial e verdadeiramente fabuloso, descrevem o novo trabalho de Adelaide Ferreira.
“ Esqueço-me de te esquecer” é o mais recente álbum de Adelaide Ferreira que se caracteriza por uma faceta emotiva e genuína, que transparece ao longo de todo um trabalho que transborda sentimentos de uma das maiores, mais talentosas e importantes vozes femininas nacionais. Adelaide Ferreira regressou aos estúdios de gravação e apresenta-nos um novo cd, produzido ao longo do último ano e meio, composto inteiramente de originais.
Com uma carreira fulgurante e abrangente Adelaide Ferreira tanto se destaca na música como no pequeno ecrã, onde tem participado em várias séries de sucesso e programas de entretenimento como “Grande Noite” de Filipe Lá Féria, “Duarte e Companhia”, “Alves dos Reis”, “Bastidores”, “Segredo de Justiça” ou “Ganância” apenas para citar alguns.
A sua voz característica e reconhecível capaz de atingir de forma irrepreensível as notas mais altas e exigentes sem que com isso comprometa a harmonia, permite-lhe a interpretação sem compromissos de baladas intemporais e marcantes como é o caso de um dos seus maiores sucessos - “Papel Principal” (Tema que regravou em 1998 em dueto com Dulce Pontes), ou de temas mais ligeiros como “Coqueirando” ou num
estilo mais roqueiro, como é o caso de “Baby Suicida”.
Este seu novo álbum é uma demonstração de força e da palavra que através da expressão musical somos levados à construção de ambientes que retratam o romantismo em todas as suas vertentes, a paixão, o amor, a saudade.
Um álbum assumidamente romântico em que desde o tema de abertura, que dá nome a este cd “Esqueço-me de te esquecer” até a canções como “Fica e mim” ou “Voar mais longe”, somos embalados pela voz melodiosa de Adelaide. Não poderíamos no entanto, deixar de referir o tema cantado em inglês “The truth” uma balada que sem qualquer sombra de dúvida tem a marca indelével do estilo desta cantora numa poderosíssima interpretação, ou ainda do tema “Dezembro em mim” numa vertente em que os “Blues” e o “Jazz” estão patentes numa orquestração (comum em todo o trabalho) de uma virtuosidade quase orgânica, em que o piano e as “cordas” são uma mais valia.
Uma espera prolongada e muito ansiada por parte do público, que agora tem o seu fim com a edição de “Esqueço-me de te esquecer”, o novo cd de Adelaide Ferreira.(inEspacial)
Artista ADELAIDE FERREIRA - Contactos para espectáculos da Cantora - T:960069600
Adelaide Ferreira - Esqueço-me de te esquecer (NOVO CD)
Cantora Adelaide Ferreira - Contactos para espectáculos , Concertos
Artista Cantora Portuguesa Adelaide Ferreira. Contactos de Concertos
Adelaide Ferreira nasceu em Minde. Aos 3 anos, mudou-se para as Caldas da Rainha, onde teve o seu primeiro contacto com as artes, ao substituir a sua irmã mais velha, Laurinda, numa peça infantil. Em 1976, rumou para Évora, para participar no Curso de Formação de Actores Profissionais. Após um ano de curso, foi contratada pelo Grupo 4 do Teatro Aberto, onde permaneceu durante três anos. Em 1979, entra no filme "Kilas, o Mau da Fita", de José Fonseca e Costa, aparecendo na banda sonora a cantar o tema "Balada da Rita" e, em 1980, consegue o seu primeiro papel como protagonista, na peça "Andorra", ao lado de António Rama. Durante esse período, gravou dois discos a solo pela mão de Paulo de Carvalho; um dos temas foi o grande êxito radiofónico "Meu Amor Vamos Conversar os Dois". Com o grupo As Alegres Comadres, formado por Adelaide Ferreira, Mila Ferreira, Ana Bola e Helena Isabel participa nas semi-finais do Festival da Canção de 1980. Vai para o Algarve para cantar em bares. Quando volta a Lisboa é desafiada a gravar um disco. Assim, em 1981 é editado o single "Baby Suicida", tema composto por ela e por Luís Fernando. O disco vendeu mais de 20 mil exemplares. O tema "A Tua Noite", lado b desse single, chega aos primeiros lugares do Top "Todos No Top" do programa TNT. Ainda em 1981, foi editado o single "Bichos"/"Trânsito" de Adelaide Ferreira & Preço Fixo. Os Preço Fixo eram formados por Necas (bateria), Luís Fernando (Viola), Vasco (viola-baixo), Eduardo (teclas) e Carlos (viola-solo). Chega a gravar um álbum para a editora Vimúsica mas que nunca seria editado devido a problemas contratuais. Em 1983 é editado o máxi-single "Não Não Não". Participa no Festival da canção de 1984, com o tema "Quero-Te, Choro-Te, Odeio-Te, Adoro-Te". Vence o prémio de interpretação mas o tema fica em quinto lugar. No mesmo ano, alcança o segundo lugar no Festival da OTI, no México, com a música "Vem No Meu Sonho", da autoria de Luís Fernando. Foi convidada a gravar em espanhol pela Polygram espanhola mas esse projecto não se chegaria a concretizar. Em 1985, representa Portugal no Festival da Eurovisão, que se realizou na Suécia, com "Penso em Ti (Eu Sei)". O seu primeiro ...
Nome :
Mensagem
Telemovel / Telefone:
Local do Espectáculo:
E-mail:
Data(s) do evento / assunto: