Artistas Portugueses. Espectaculos. contacto Ranchos | Folclore do Alentejo | Ranchos e grupos etnograficos alentejanos conjuntos de baile, grupos de baile, grupos musicais, Bandas de musica, Grupos e Bandas Musicais, artistas contactos de artistas, contactos de bandas, contactos de grupos musicais artistas cantores, artistas festas, festas populares, artistas populares
 

Folclore do Alentejo

Folclore dos Açores
Folclore da Madeira
 
Folclore do Minho
Folclore de Trás-os-Montes e Alto Douro
Folclore do Douro Litoral
Folclore da Beira Interior
Folclore da Beira Litoral
Folclore de Ribatejo
Folclore da Estremadura
Folclore do Alentejo
Folclore do Algarve
 
 
Comunidades Portuguesas
 
Ranchos em destaque Telefones Concelho
     
Rancho Folclorico "Verdes Campos" de Jungeiros 914207896 Aljustrel
     
Rancho Etnográfico os Camponeses de Arraiolos 266490240 / 969113702 / e-mail Arraiolos
     
Rancho Folclórico de Avis (e-mail) 962942746 Avis
     
Rancho Folclórico e Etnográfico de Campo Maior

968782303 / 961477685 / e-mail

Campo Maior
     
Rancho Folclórico de Nossa Senhora da Alegria 963304192 Castelo de Vive
     
Rancho Folclórico "As Azeitoneiras de S. Bento do Cortiço" 268919153 Estremoz
Rancho Folclórico " Rosas de Maio da Casa do Povo de Veiros" 961375277 Estremoz
Grupo Folclórico " A Convenção" de Evoramonte 967990106 / 914266328 / e-mail Estremoz
     
Rancho Folclorico Piçarras 924046824 / 966367172 / e-mail / F Évora
Rancho Folclorico Flor do Alto Alentejo 914600303 Évora
     
Rancho Folclórico e Etnográfico da Freguesia de Belver 241635174 Gavião
     
Rancho Folclórico D. C “Os. Rurais de Água-Derramada 269477177 Grândola
Rancho Folclórico” 5 Estrelas de Abril”   Grandola
     
Rancho Fólclorico e Etnográfico Montemorense ( + )   Montemor o Novo
Rancho Folclórico Fazendeiros de Montemor-o-Novo 969314584 / e-mail Montemor-o-Novo
Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre 937306566 / 939425725 Montemor-o-Novo
Rancho Folclorico do Ciborro   Montemor o Novo
Rancho Folclórico de Cabrela 265895125 Montemor o Novo
     
Rancho Típico das Cantarinhas de Nisa 245412350 / 245412642 Nisa
     
Gentes do Alto Mira Grupo Etnográfico de Santa Clara-a-Velha 283882244 / 964118247 / @ Odemira
Rancho Folclórico da Casa do Povo de Vila Nova de Milfontes 966436054 / video / F Odemira
     
Rancho Folclórico de Montargil 242904182 / 916603660 / e-mail
Ponte de Sor
Rancho Folclórico da Casa do Povo de Ponte de Sor 242201114 / 934964999 / e-mail
Ponte de Sor
     
Grupo Folclórico e Cultural da Boavista 245208089 / 963619343 / e-mail Portalegre
Rancho Folclórico de Fortios 245399503 / 966739894 / e-mail
Portalegre
     
Rancho Folclórico da Casa do Povo de Redondo 266909299 / 962847994 / e-mail Redondo
     
Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias" 284858711 / 965467495 Serpa
Rancho de Cantadores de Aldeia Nova São Bento 967136107 / 284588128 Serpa
Rancho Coral "Os Camponeses" de Vale de Vargo 284865107 Serpa
Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de S. Bento 284588515 / 964124973 Serpa
     
Rancho Folclórico de Landeira (F) 265913242 / 265913144 / e-mail Vendas Novas
     
     
(mais em breve)

Rancho Folclorico Flor do Alto Alentejo - Évora

Historial

 

Tem a sua sede em Évora, Cidade Património Mundial. Nasceu a partir de uma Festa de Natal no Hospital Distrital de Évora, hoje Hospital do Espírito Santo, e fez a sua primeira actuação em 26 de Abril de 1981, integrada nas Comemorações do 25 de Abril. Desde então, tem actuado um pouco por todo o País, dando a conhecer as danças, cantares e trajes mais característicos do Alentejo. As danças que apresentamos são: Chotiças, Saias e Puladinhos. Ao contrário do Cante, que é lento e nostálgico, as danças, sobretudo as Saias e Puladinhos, são vivas e rápidas. Os trajes que usamos são: Pastor, Domingueiros e de Trabalho (como Ceifeiro/a, Mondadeira, Aguadeira) e outros. O Rancho Folclórico Flor do Alto Alentejo é composto por 8 pares juvenis e 6 pares infantis. A tocata tem a seguinte composição: 3 Acordeonistas, 1 Viola, 1 Cavaquinho, 1 Reque-reque, 1 Timbalao, Ferrinhos, Cântaro, guizos e 3 Pandeiretas.

Rancho Folclorico Flor do Alto Alentejo - Évora
 
Contactos


Rancho Folclorico Flor do Alto Alentejo
Rua Dr. Carvalho Moniz, 34 Piso -1
7005-796 Évora

Telemóveis
914600303
967104194
968310405


SITE

 

Musicas | Videos | etc

 

Rancho Folclórico de Nossa Senhora da Alegria - Castelo de Vide

Historial

 

Nasceu nos idos de 1966 lá no castelo e por isso o seu nome é Rancho Folclórico de Nossa Senhora da Alegria, obviamente que de Castelo de Vide. Com muito orgulho, está-se mesmo a ver.
Membro fundador da Federação Portuguesa de Folclore brindou a terra com uma actuação no lajeado na tarde de Domingo de Páscoa, e não fazemos favor nenhum ao constatar a presença. Em pé, centenas de pessoas, que dali não arredaram e não foram avaras em palmas.
Um verdadeiro espectáculo de cultura, este com que o Rancho de Nossa Senhora da Alegria brindou conterrâneos e forasteiros.
Fernanda Mousinho falou-nos em linguagem terra a terra sobre o Rancho que adora e que tenta "o mais possível, reproduzir danças, trajes e actividades sazonais da nossa região".

Destacam-se basicamente dois grupos no que se refere ao traje, ou seja os trajes de festas e passeio - como as côcas ou as romeiras de Nossa Senhora dos Prazeres entre outros "trajes de ver a Deus", e depois os trajes de campo com mais destaque "porque não somos ricos" e então aparecem o carreiro com calças de cotim e camisa de xadrez no bolso esquerdo com o ferro da casa agrícola, os porqueiros e vaqueiros com roupa de serrubeco e os ganhões e o abegão. Destaque ainda para os grandes chapéus e para os lenços das mulheres a tapar o rosto, já que apanhar sol era sinónimo de pobreza.
De entre os trajes mais emblemáticos, para Fernanda Mousinho é o de azeitoneira, com as saias transformando-se em calças por três razões, desde logo para subir com mais facilidade às árvores, depois para proteger do frio e por último por pudor.
Nos fatos domingueiros ou de passeio é mais exteriorizada a riqueza, e por exemplo as barras de veludo na saia indicam a riqueza da família. Quanto mais rica, maior a barra, e para tal era necessário a mulher pedir autorização ao pai ou ao marido para a exibir.
Para os homens a exteriorização da riqueza passava pela exibição dos bordados nas costas do colete e quanto mais bordado, mais rico. Assim, de jaqueta ao ombro podia apanhar frio mas o colete estava sempre à vista.

Entre o grupo infantil e juvenil e o grupo adulto, o rancho conta hoje com cerca de 60 componentes, salientando Fernanda Mousinho que o mais importante é mesmo o grupo jovem "porque são eles o futuro do Rancho".
Em termos globais "o rancho está como os outros", com as suas dificuldades, a sua carolice e o grande empenho e sacrifício mesmo das pessoas, pois verdadeiramente, "apoiados são só os ranchos do Minho e o resto é por amor à camisola". "Não lucramos nada, dedicamo-nos à causa e gostamos muito".
E por falar em gostar, sem menosprezo para nenhum elemento do rancho, antes pelo contrário, não podemos deixar de destacar a força, a vibração que António Nunes transmite quando se traja e dança tocando as suas castanholas.
Nele transparecem o gosto, a vontade, a garra e fundamentalmente a grande alegria de dançar.

 

Rancho Folclórico Nossa Senhora d’ Alegria
 
Contactos


Rancho Folclórico Nossa Senhora d’ Alegria
Apartado 112
Castelo de Vide

Telf: 963304192
Email:
[email protected]


Site

BLOG

 

Musicas | Videos | etc

 

Rancho Folclorico "Verdes Campos" de Jungeiros - Aljustrel

Historial

 

O Rancho Folclórico Verdes Campos de Jungeiros surgiu depois de um grupo de pessoas ter participado nas marchas Populares e achar que se deveria fazer algo mais pelos usos e costumes da nossa aldeia.
O Rancho fez a sua 1ª aparição ao público no dia da Padroeira da nossa terra Senhora da Conceição, 8 de Dezembro de 1987. Foi Registado com o mesmo nome no Cartório Notarial de Aljustrel no ano seguinte, sendo este registado como o 1º Rancho do Concelho.
O seu elenco é composto por 44 elementos com idades compreendidas entre os 2 e os 70 anos.
O seu objectivo é recolher, estudar e divulgar os usos, costumes, danças e cantares do nosso povo, bem como ocupar os tempos livres dos seus jovens.
Os trajes existentes representam algumas das actividades mais importantes na região como é o caso dos ceifeiros, mondadeiras, lavaderia, manageiro, boieiro,aguadeira , limpador, padeira , moleiro , criada de servir, azeitoneira, azeitoneiro , pastores de ovelhas e porcos, trajes de trabalhos na eira , noivos e trajes de Domingo,
O rancho tem participado em vários eventos como é o caso do Piquenicão em Mafra, Ovibeja, Rural Beja, Feira do Campo, Festas e romarias de Norte a Sul do Pais, Festivais de Folclore.
No que diz respeito há tocata temos acordeões, reco , bombo , ferrinhos , pandeiretas.
Jungeiros está situado no coração do baixo Alentejo a 35 Km de Beja, no concelho de Aljustrel, Freguesia de São Jõao de Negrilhos. A nossa freguesia é constituída por três aldeias com 2000 Habitantes aproximadamente. Estamos filiados no INATEL, e temos como actividade divulgar o Folclore, cantar as Janeiras e os Reis, tocar o Sábado aleluia, matança do porco, e a realização do nosso Festival no 1º fim-de-semana de Julho.

 

Rancho Folclorico "Verdes Campos" de Jungeiros
 
Contactos


Rancho Folclorico "Verdes Campos" de Jungeiros
Rua da escola nº 23
7600-404 Aljustrel

Telemovel:914207896
(José Inacio Sobral)

E-mail:
[email protected]


BLOG

 

Musicas | Videos | etc

(mais em breve)
 
 
 
POLITICA DE PRIVACIDADE
musica popular  Bandas de Baile -Portugal Artistas portugueses - Portugal