Artista Pedro Abrunhosa, artistas, cantor Pedro Abrunhosa, Concertos, Musica Portuguesa, artistas portugueses, espectaculos Pedro Abrunhosa, Concertos Pedro Abrunhosa, Abrunhosa, contactos Pedro Abrunhosa
Pedro Abrunhosa
28 Abril, 2017
Grupo, Tais Quais, Os Tais Quais, João Gil, Sebastião Santos, Celina da Piedade, Tim, Paulo Ribeiro, Vitorino, Serafim e Jorge Palma, tradicional, Portugal
Tais Quais
22 Abril, 2017

Biografia UHF

Na primavera de 1979 gravam o primeiro disco da sua carreira, o EP “Jorge Morreu”, para uma pequena editora de Lisboa, sem sucesso comercial. A sua reputação consolida-se em múltiplos concertos, primeiro na Grande Lisboa e depois ao longo do país. Chegam, com essa experiência, à gigante Valentim de Carvalho, que edita em 1980 o explosivo “Cavalos de Corrida”. Juntamente com “Chico Fininho” de Rui Veloso, estas duas canções fundam o movimento musical que ficará conhecido como “rock português”.
No final de 1981 ganham o prestigiado prémio da Casa da Imprensa na categoria de revelação, vendendo mais de 100 mil discos nesse ano. E no início de 1982 gravam o disco de despedida da Valentim de Carvalho, o pré-monitório “Estou de Passagem”, transferindo-se, para a Rádio Triunfo/Orfeu. Editam ainda em Novembro o LP “Persona Non Grata”, escrito ao longo da digressão deste verão quente dos UHF. Encerram este novo contrato discográfico em 1985, com a gravação do primeiro disco da área rock gravado ao vivo em Portugal – “Ao Vivo em Almada – No Jogo da Noite”, que se mantém como o vinil mais raro e caro no mercado de usados.
A partir daí, as mudanças de editora vão tornar-se um dado comum na vida dos UHF.
Os sucessos radiofónicos sucedem-se e os discos dourados também. DA banda inicial, restará o líder e fundador AMR, autor maioritário do reportório da banda.
Entre 1991 e 1998, os UHF integram o catálogo da multinacional BMG, hoje SONY Music, com um leque de grandes canções: “Brincar no Fogo”, “Menina Estás à Janela”, “Sarajevo”, “Toca-me” e Foge Comigo Maria”.
Em 1998 decidem tornar-se independentes.
De 1998 a 2008 destacam-se temas como “Matas-me com o teu olhar”. Mas também “Quando (dentro de ti)”, “Uma palavra Tua”, “A Lágrima Caiu” e o incontornável hino da modernidade do clube da Luz “Sou Benfica”.
Os UHF rondam em 2009 a fantástica cifra de 1500 concertos em Portugal e no mundo, vendendo perto de um milhão de discos. Estão representados em cerca de 82 colectâneas.
Formação: António Manuel Ribeiro (voz), António Côrte-Real (guitarra), Cebola (baixo) e Ivan Cristiano (bateria), Nuno Oliveira (teclas)

MUSICAS

Lista de videos dos
UHF e Antonio Manuel Ribeiro

UHF – Traz Outro Amigo Também
AMR Nevoeiro 2017
Um Mau Rapaz
Sinais presentes do tempo
UHF A MUSICA DE BOCA EM BOCA
Tudo O Que É Nosso
POR PORTUGAL EU DOU
SOMOS NÓS QUEM VAI GANHAR
UHF “Ao vivo na Fnac do Fórum Almada” (30 Outubro 2015)
UHF “Puseste o Diabo em mim”
UHF “Cavalos de Corrida” 35 Anos
UHF “Rua do Carmo”
(…)

UHF, “O Melhor de 300 Canções”

A data de 18 de Novembro de 1978 é considerada o dia 1 dos UHF. Nessa noite realizaram o primeiro concerto a sério na discoteca Brown’s, em Lisboa, juntamente com os Faíscas, de Pedro Ayres Magalhães, e Aqui d’el Rock.
Dizem os factos, contudo, que o primeiro concerto terá acontecido uns dias antes, talvez uma semana, no bar É, aos Capuchos em Lisboa, com os mesmos Faíscas e o radialista António Sérgio na assistência.

Na primavera do ano seguinte gravam o primeiro disco, o EP Jorge Morreu, para uma pequena editora de Lisboa, Metro Som, sem sucesso comercial e escasso reconhecimento público; António Sérgio confessa-se entusiasta do som underground dos UHF.
A reputação do grupo consolida-se em múltiplos concertos, primeiro na área da Grande Lisboa e depois descobrindo o país. Chegam, com essa experiência de palco, ao gigante Valentim de Carvalho, que edita em 1980 o seminal Cavalos de Corrida.
Juntamente com Chico Fininho, de Rui Veloso, fundam o movimento musical que ficará conhecido como rock português.

Em 1981 ganham o prestigiado Prémio da Casa da Imprensa, na categoria de revelação; somam ao longo do ano vendas superiores a 100 mil discos.
No início de 1982 gravam o disco de despedida da Valentim de Carvalho, o prémonitório Estou de Passagem (1982, Fevereiro), rompendo um contrato de 5 anos. Transferem-se para a Rádio Triunfo/Orfeu, numa ruptura que a comunicação social encrespou e a única para o nosso meio musical que custou dinheiro ao comprador.

Editam o LP Persona Non Grata (1982, Novembro), escrito ao longo da digressão desse verão quente dos UHF. Rescindem este novo contrato discográfico em 1985, com o primeiro disco do universo rock gravado ao vivo em Portugal, Ao Vivo em Almada – No Jogo da Noite (1985), o vinil mais raro e caro no mercado actual de usados, atingindo e ultrapassando os 300 Euros em licitações na Net.

A partir daí, as mudanças de editora vão tornar-se um dado comum na vida dos UHF. Frontal, independente e assertivo, António Manuel Ribeiro assumirá mais tarde que os contratos editoriais são como os casamentos, que conduzem amiúde a divórcios quando as coisas não vão bem.
Os sucessos radiofónicos continuam e os discos dourados também – estão além da moda e da estação. Os egos crescem e da banda inicial, a partir de meados dos anos ‘80, restará o líder e fundador AMR, autor maioritário do repertório da banda. Na Tua Cama (1988) e Hesitar (1989) marcam os três anos no catálogo Edisom.

Entre 1991 e 1998, os UHF integram o catálogo da multinacional BMG, hoje na SONY Music, com um rasto de grandes canções: Brincar no Fogo (1991), Menina Estás à Janela (1993), Sarajevo (1993), Toca-me (1995) e Foge Comigo Maria (1996), apenas para referir os números 1.
Em 1998 decidem tornar-se editorialmente independentes, antevendo o encolhimento da indústria discográfica nacional, arrastado pelo que acontece no resto do mundo.

Editora e produtora próprias, agência de representação exclusiva e promoção em outsourcing, constituem o núcleo de profissionais que envolvem os UHF. Matas-me com o teu olhar (2005), é um mega sucesso de rádio na primeira década do século XXI e um vulcão emocional do palco para o público, fruto deste trabalho empresarial. Mas também Quando (dentro de ti) (1998), Uma palavra Tua (1999), A Lágrima Caiu (2003), Viver Para te Ver (2010), A Minha Geração (2013) e o incontornável hino da modernidade do clube da Luz, Sou Benfica (1999), revelam os sucessos da discografia do grupo. Um artista vale o que valem as suas canções.

Só uma determinação (vocação?) ímpar podia guardar velhos tesouros gravados e editar (até agora) três volumes com Raridades – Canções Prometidas, privilegiando os fãs. Provavelmente nunca antes se pensou a carreira musical em Portugal como os UHF o fizeram desde o berço da primeira canção – estas Raridades são a prova disso.

Os UHF rondam em Outubro de 2015 a fantástica soma de 1.700 concertos em Portugal e no mundo, e já venderam mais de um milhão de discos, cassetes e DVD. Estão representados em mais de 100 colectâneas com outros artistas, incluindo Estados Unidos e Brasil.

Em Janeiro de 2015, foi lançado um novo livro de António Manuel Ribeiro, Por Detrás Do Pano, da Chiado Editora, uma viagem biográfica pelo interior dos UHF e o exterior da música portuguesa que muito ajuda à compreensão da matriz uhfiana .

A revista Blitz ofereceu na edição de Março uma colecção de 10 canções no CD Uma História Secreta Dos UHF, que junta raridades e outras gravações inéditas realizadas entre 1979 e 2014. Outro mimo que saiu do cofre do grupo.

A 30 de Outubro, os UHF editaram o duplo CD O Melhor de 300 Canções, a sua primeira colectânea global, que reúne 35 clássicos e 2 originais.

Formação: António Manuel Ribeiro (voz), António Côrte-Real (guitarra), Luís ‘Cebola’ Simões (baixo), Ivan Cristiano (bateria) e Fernando Rodrigues (teclas)

UHF-Absolutamente ao Vivo 2009

UHF – Aveiro – Feira de Março 2015 – Concerto no Parque de Exposições

CURIOSIDADES
Top das canções dos UHF mais utilizadas em Colectâneas

A canção de sucesso é algo que se descobre depois do disco editado, da insistência da rádio e da TV, das vendas e da execução ao vivo. E quando uma canção entra para esse departamento é vulgar as principais editoras utilizarem o tema junto com outros temas de outros artistas de sucesso e editarem A Compilação do momento. A presente análise debruça-se sobre este fenómeno no repertório dos UHF ao longo de quase 25 anos de carreira.

Titulo Colectâneas

1 Menina Estás À Janela (1993) 13
2 Cavalos de Corrida (1980) 10
3 Rua do Carmo (1981) 09
4 Foge Comigo Maria (1996) 05
5 Sarajevo (verão 92) (1993) 04
6 Toca-me (1995) 04
7 Sou Benfica (1999) 04
8 Jorge Morreu (1979) 03
9 Aquela Maria (1979) 03
10 Uma Palavra Tua (1999) 03
11 Um Mau Rapaz (1982) 02
12 Hesitar (1989) 02
13 Quando (dentro de ti) (1998) 02

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Grupos estrangeiros com quem os UHF tocaram

1979

1- Pavilhão do Dramático …………………….18.09 Cascais Dr. Feelgood

2 – Pavilhão do Dramático …………………….19.09 Cascais Dr. Feelgood

3 – Pavilhão Infante de Sagres ……………….15.12 Porto Elvis Costello & The Attractions

4 – Pavilhão do Restelo …………………………17.12 Lisboa Elvis Costello & The Attractions

5 – Pavilhão do Restelo …………………………18.12 Lisboa Elvis Costello & The Attractions

1980

6 – Praça de Touros ………………………………07.06 Cascais Uriah Heep

7 – Praça de Touros – I Festival Rock…………..16.08 Cascais Skids, Tourists, Original Mirrors e 999

8 – Pavilhão Infante de Sagres ……………….22.09 Porto Ramones

9 – Pavilhão do Dramático …………………….23.09 Cascais Ramones

10 – Pavilhão do Dramático …………………….24.09 Cascais Ramones

11 – Pavilhão dos Olivais ………………………..13.12 Coimbra UFO

12 – Pavilhão do Sporting ……………………….14.12 Lisboa UFO

1981

13 – Pavilhão dos Olivais ………………………..12.03 Coimbra Téléphone

14 – Cine Teatro Avenida………………………..13.03 Castelo Branco Téléphone

15 – Pavilhão do Restelo …………………………14.03 Lisboa Téléphone

16 – Casalinho da Ajuda – Avante…………….06.09 Lisboa Dexy’s Midnight Runners

1985

17 – Terreiro do Paço ……………………………..28.09 Lisboa Peter Hammill

18 – Alameda de Santo André ………………….01.10 Guarda Fafá de Belém

1988

19 – Estádio da Luz…………………………………09.07 LISBOA 1.º Festival Rock do Benfica Saxon Bonnie Tyler The Wailers Bryan Adams

1991

20 – Estádio José de Alvalade ………………..31.07 Lisboa Joe Cocker e Simple Minds

1993

21 – Estádio José de Alvalade …………………11.09 Lisboa Billy Idol e Bon Jovi

1994

22 – Queima da Fitas ………………………………08.05 Coimbra The Mission

2003

23 – Estádio da Luz ………………………………22.03 LISBOA Concerto do Monumental Adeus Daniela Mercury

UHF – À Flor da Pele (1981) Álbum Completo

À Flor da Pele é o primeiro álbum de estúdio da banda portuguesa de rock UHF. Editado em Junho de 1981 pela EMI – Valentim de Carvalho. O álbum À Flor da Pele é considerado pelas editoras como a «Bíblia do rock português»,uma referência para todas as bandas rock.

Faixas:
Lado A
00:00 1-Rua do Carmo
03:47 2-Rapaz Caleidoscópio
09:44 3-Nove e Trinta
12:50 4-(Anjo) Feiticeiro

Lado B
18:30 5-Modelo Fotográfico
21:10 6-Rola Roleta
24:03 7-Geraldine
28:41 8-Ébrios (pela vida)

Membros:
António Manuel Ribeiro (voz, guitarra e teclas)
Carlos Peres (baixo)
Renato Gomes (guitarra)
Zé Carvalho (bateria)

UHF – Rock é dançando na noite

0:00 -QUANDO DENTRO DE TI
3:00 -SR. MINISTRO QUE ESCOLA É ESTA
6:30 -GUANTANAMERA
10:19 -AO FIM DE TANTO TEMPO
13:49 -MENINOS ANGOLANOS
17:47 -SÓ EU SEI PROQUÊ
21:08 -SE FOSSES MINHA
25:10 -MARGARIDA NUM JARDIM
28:25 -VOLUNTARIAMENTE SÓ
32:42 -TUDO SE MOVE Á PROCURA
37:19 -BOOGIE COM O SR.U
40:27 -DANÇANDO NA NOITE

UHF ares e bares de fronteira

0:00 -DE CARROCEL
4:24 -EU SEI RECOMEÇAR
8:45 -DEVO EU
12:16 -CHIS
18:05 -CELULÓIDE

UHF ao vivo em Almada

0:00 -TU QUERES
7:01 -TRÊS PEIXES
11:50 -RAPAZ CALEIDOSCOPIO
22:35 -PUSESTE O DIABO EM MIM
27:00 -NO JOGO DA NOITE
34:55 -DEVO EU

UHF – Estou de Passagem – Album


1- Estou de passagem 0:00
2- Antes Que o Dia Nasça 4:59
3- Concerto 9:25
4- Noites lisboetas 14:36
5- Notícias de El Salvador 18:28
6- Ser Um Actor 21:50

UHF — PERSONA NON GRATA — Álbum Completo

Faixas:
0:00 – Corpo Elétrico
3:39 – Quebra-me
7:55 – Dança de Canibais
12:13 – Um Mau Rapaz
15:43 – Chamem-me Narciso
18:39 – Fim de Vida
24:11 – Voo Para a Venezuela
28:48 – Agarra-me o Juízo (se puderes)
32:04 – Persona Non Grata

Contactos UHF, Antoniano Manuel Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *