UHF, Rock, Português, Portugal, Banda, Bandas, Contactos, António Manuel Ribeiro, Grupos de Rock, Portugueses
UHF
27 Abril, 2017
Artista Leandro, Leandro, Artistas, Contactos, Bandas, Musica Portuguesa, Cantor, Artista, Biografia, Discografia, Musicas, Contactos Leandro
Leandro
13 Abril, 2017

Tais Quais

A mesa está posta. Há petiscos, há vinho, há cadeiras onde sentar e uma, duas violas à mão. Sobretudo, há gente, unida pelo prazer de se encontrar e trocar histórias. A música é uma inevitabilidade, surge enquanto expressão desse gosto palpável, dessa simplicidade em que as canções vão soando à celebração da coisa mais simples de todas: estar entre amigos. Os Tais Quais são um grupo assim, “quais oliveiras, olivais, pintassilgos, rouxinóis” (assim o diz a “Moda da Passarada”), sem explicações complicadas. Gente que se junta porque quer estar junta, gente que se agarra à ideia romântica das tascas por onde brotava livremente o cante noutros tempos.
O Alentejo ocupa a grande espaço do reportório deste grupo formado por João Gil, Vitorino, Tim, Jorge Palma, Celina da Piedade, Paulo Ribeiro e Sebastião. As violas, o acordeão, a percussão, quem sabe uma viola campaniça e um coro de arrepiar. Mas, pelo meio, há também Jorge Serafim, conhecido contador de histórias, que aqui aparece como o anfitrião de um lugar ficcional chamado A Venda do Isaías, e que partilha as suas pérolas de sabedoria desfiando histórias, anedotas, contos populares.
A música não é apenas a música, neste caso. Fala por toda uma região. E, por isso, não começa ao primeiro acorde e não termina com os aplausos, não vive na prisão dessas regras ditadas pelos palcos. Vive destas trocas espontâneas, que é lançada por um e agarrada pelos restantes, mas que pode ser atravessada por um relato que Isaías/Serafim vai buscar ao baú da sua sabedoria popular. Seguem-se umas às outras, músicas e histórias, da mesma maneira que a mesa parece estar sempre repleta.
Os Tais Quais prometem espalhar a sua musica pelo país. E fazer novos amigos pelo caminho. Eles que se juntem. A mesa está posta.

“Os Fabulosos Tais Quais” é já Disco de Ouro!
8 Fabulosos músicos-compositores regressam aos palcos, para 3 apresentações, e levam na bagagem o novo cd/dvd, como revela Ana Sofia Carvalheda.

Ana Sofia Carvalhêda apresenta os Tais Quais.

A mesa está posta. Há petiscos, há vinho, há cadeiras onde sentar e uma, duas violas à mão. Sobretudo, há gente unida pelo prazer de se encontrar e trocar histórias. A música é uma inevitabilidade, surge enquanto expressão desse gosto palpável, dessa simplicidade em que as canções vão soando à celebração da coisa mais simples de todas: estar entre amigos. Os Tais Quais são um grupo assim, “quais oliveiras, olivais, pintassilgos, rouxinóis” (assim o diz a “Moda da Passarada”), sem explicações complicadas. Gente que se junta porque quer estar junta, gente que se agarra à ideia romântica das tascas por onde brotava livremente o cante noutros tempos

Alentejo

O Alentejo ocupa a grande espaço do reportório deste grupo formado por João Gil, Vitorino, Tim, Jorge Palma, Celina da Piedade, Paulo Ribeiro e Sebastião. As violas, o acordeão, a percussão, quem sabe uma viola campaniça e um coro de arrepiar. Mas, pelo meio, há também Jorge Serafim, conhecido contador de histórias, que aqui aparece como o anfitrião de um lugar ficcional chamado A Venda do Isaías, e que partilha as suas pérolas de sabedoria desfiando histórias, anedotas, contos populares.
A música não é apenas a música, neste caso. Fala por toda uma região. E, por isso, não começa ao primeiro acorde e não termina com os aplausos, não vive na prisão dessas regras ditadas pelos palcos. Vive destas trocas espontâneas, que é lançada por um e agarrada pelos restantes, mas que pode ser atravessada por um relato que Isaías/Serafim vai buscar ao baú da sua sabedoria popular. Seguem-se umas às outras, músicas e histórias, da mesma maneira que a mesa parece estar sempre repleta.
Os Tais Quais prometem espalhar a sua música pelo país. E fazer novos amigos pelo caminho. Eles que se juntem. A mesa está posta.

Os Fabulosos Tais Quais

01 Moda da Passarada
02 Limoeiro
03 Algibeira
04 Mês de Agosto
05 Fala 1
06 Mulher Fantasma
07 Moda das Flores
08 Fala 2
09 Enxoval
10 Moda do Sr. Prior
11 Historia da Celina e do Gaspar
12 Olha a Noiva se Vai Linda
13 Circo de Feras
14 Adeus Até ao Meu Regresso

Músicos

Celina da Piedade – Voz e Acordeão
João Gil – Voz e Guitarra
Jorge Palma – Voz e Piano
Paulo Ribeiro – Voz
Sebastião Santos –Voz e Bateria
Tim – Voz e Baixo
Vitorino – Voz
Jorge Serafim – Voz

Músicos convidados

José Manuel David – Gaita de foles (Limoeiro)
Rafael Gil – Guitarra (Olha a Noiva se Vai Linda)

Direcção Artística – Tim e João Gil
Produção: Tim
Arranjos: Tais Quais

Tais Quais


Limoeiro
23/03/2016
Tais Quais ao vivo na gala Viva a vida do Correio da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *