Pedro Migueis – As Coisas Que Não Esqueço

Pedro Migueis – Será sempre um olhar
25 Novembro, 2016
Miguel Gameiro – Dá-me um abraço
25 Novembro, 2016
+

Pedro Migueis – As Coisas Que Não Esqueço

Contaram-me uma historia antiga
De uma mulher que conheci,
Talvez a melhor amiga, por mil razoes nunca a esqueci
Foram tantas coisas loucas que fizemos sem fronteiras
E unimos as nossas bocas muitas vezes, noites inteiras

Quando partias para a cidade nunca, esquecias de dizer “parto mas com saudade, e tanto medo de te perder”
Ali ficava a janela so para a ver chegar,
Cada dia vinhas mais bela, e sempre sempre , a sonhar a sonhar
A sonhar é a sonhar que me vou lembrando de ti
As coisas que não esqueci , quem dera poder ter-te aqui
A sonhar é a sonhar
que nada acaba assim
contigo perto de mim
Quem dera não haver o fim

Gosto de sentir o vento, junto ao lago no jardim
Onde fiz o juramento de guardar ate ao fim,
Só não sabia que estes dias, estavam perto de acabar
E é na forma como sorrias que passo o tempo a sonhar
A sonhar é a sonhar que me vou lembrando de ti
As coisas que não esqueci , quem dera poder ter-te aqui
A sonhar é a sonhar
que nada acaba assim
contigo perto de mim
Quem dera não haver o fim

Fica a saber o que não esquecerei o que deste e fizeste por mim
Quem dera não ser este o fim

(solo)

A sonhar é a sonhar que me vou lembrando de ti
As coisas que não esqueci , quem dera poder ter-te aqui
A sonhar é a sonhar
que nada acaba assim
contigo perto de mim
Quem dera não haver o fim

A sonhar é a sonhar que me vou lembrando de ti…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *