Cuca Roseta – Amor Ladrão

Bandas, ATOA, Banda Átoa, Evora, bandas portuguesas, Átoa, Musicas, Bandas, Hip-Hop, Bandas, Jovens, Portuguese, Pop Music, Distância, Musicas ÁTOA
ATOA – Distância
17 Dezembro, 2016
Musica dos Xutos e Pontapés em noite do Tetra do Benfica, Banda Jovisom, Bailes, Festas, Casal Fernão João, noite de festa, Tetra do Benfica, Festas, Tetra Campeonato, Minha Casinha, Xutos e Pontapés, Cover, Bailes, Musica ao vivo, Banda Jovisom, Casal Fernão João em noite do Tetra campeonato do Benfica, Festas
Musica dos Xutos e Pontapés em noite do Tetra do Benfica
13 Junho, 2017
+

Cuca Roseta – Amor Ladrão

Cuca Roseta

Amor Ladrão

 

Ele chega de sorriso gingão
E no guião traz a vergonha no bolso
Se a coragem fosse uma condição
Ele era chefe da patrulha-ladrão
Ela não sonha não quer sequer sonhar
Ele tem um segredo pra contar
Ela hesita sempre a desconfiar
Ele acredita isto vai dar que falar

O que será que ele tanto me quer
E se quiser mas não quer
De onde vem e quem é
Se é cigano só se for adorado
Esse que tem encantado
Será que é ou não é?

Eu vim pra roubar o teu coração
Mas quem roubou o meu foi a paixão
Dizem que ladrão que rouba ladrão
Tem direito a cem anos de perdão
Se o teu bom Deus me vai perdoar
Diz-lhe que cem anos hei-de-te amar
E quem sabe um dia acreditar
Que foi ele quem nos fez encontrar

O que será que ele tanto me quer
E se quiser mas não quer
De onde vem e quem é
Se é cigano só se for adorado
Esse que tem encantado
Será que é ou não é?

Cuca Roseta

Cuca Roseta é uma das vozes da nova geração do Fado.

O seu primeiro disco, lançado em 2011, foi produzido por Gustavo Santaolalla (músico e produtor detentor de dois Óscares e mais de 20 Grammys). Posteriormente grava “Raiz” onde se assume como compositora e letrista da maior parte dos temas. O sucesso repete-se e canta em mais de 30 paises de mundo, em todos os continentes.

No terceiro disco volta a surpreender e convida um aclamado produtor brasileiro. A primeira vez que Cuca Roseta cantou no Brasil foi durante o Campeonato do Mundo, tendo atuado nas principais cidades, sempre com teatros lotados. Aqui nascia a admiração e o amor do Brasil por esta fadista, que também não passou despercebida a uma pessoa muito especial: Nelson Motta, compositor, jornalista e produtor do Brasil, que sempre lhe dedicou os maiores elogios. Após um encontro em Lisboa, convidou Nelson Motta para produzir o seu mais recente disco. Nelson aceitou, mesmo depois de 10 anos de interregno, pois viu em Cuca Roseta um potencial único e um projeto que sempre quis fazer – gravar um disco de world fado – um fado virado para o mundo. Entre o Rio e Lisboa, juntou-se o talento e a voz de Roseta à sábia mestria de Nelson Motta. ()

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *