O filme Amália, uma biografia ficcionada sobre Amália Rodrigues começou a ser rodado esta segunda-feira em Lisboa. Segundo o produtor, Amália Rodrigues
O filme “Amália”
20 Junho, 2008
Ana Moura no Coliseu, Estreia poderosa de Ana Moura no Coliseu de Lisboa, intérprete fora-de-série, musical, fados, cantigas, merecida ovação de pé, 2008
Ana Moura no Coliseu
29 Junho, 2008
+

Festivais verão 2008

Lisboa, PORTUGAL: Xutos e Pontapes performing live at Campo Pequeno in Lisboa, Saturday, Dec. 8, 2012.

Um verão cheio de estrelas da música em Portugal

Festivais verão 2008

Leonard Cohen, Lou Reed, Bob Dylan, Neil Young, Madonna ou os Sex Pistols têm presença marcada este ano em Portugal, fazendo deste Verão, que hoje começa, um dos mais concorridos pelo recheado calendário de concertos e festivais de música, escreve a Lusa.

O Verão é, por excelência, a estação do ano com mais concertos de músicos portugueses e estrangeiros não só nos grandes centros urbanos, mas também nas pequenas localidades e nas zonas balneares, aproveitando o tempo quente e o convite para a praia.

Em matéria de concertos, em Lisboa, o destaque vai para o «duelo de titãs» entre o músico nova-iorquino Lou Reed e o canadiano Leonard Cohen, que actuarão no mesmo dia, 19 de Julho, em Lisboa, em dois locais distintos – no Campo Pequeno e no Passeio Marítimo de Algés, respectivamente.

Do roteiro dos festivais, o primeiro grande evento do cartaz pop rock está marcado para o começo de Julho, com o Super Bock Super Rock, que este ano volta à fórmula antiga de se dividir entre Porto (dias 4 e 5) e Lisboa (dias 9 e 10).

ZZ Top, Iron Maiden, Duran Duran, Xutos & Pontapés e Jamiroquai estão entre os nomes mais soantes desta 14ª edição.

Segue-se o Cool Jazz Fest, entre os dias 6 e 30 de Julho em Oeiras, Cascais e Mafra, com propostas que vão de Caetano Veloso a Diana Krall, de Herbie Hancock aos Kings of Convenience.

Ainda na região de Lisboa, de 10 a 12 de Julho acontece o segundo Optimus Alive, em Algés, com um dos mais aliciantes e actuais cartazes pop rock deste Verão, capaz de juntar público de cabelo branco e adolescentes imberbes.

Pelo Optimus Alive vão passar Bob Dylan e Neil Young, os regressados Rage Against The Machine, Ben Harper, The National, Spiritualized ou os estreantes MGMT.

Em Vila Nova de Gaia, o Festival Marés Vivas faz-se de 17 a 19 e Julho com algum rivalismo rock, com Peter Murphy, Sister of Mercy, Prodigy, Tricky, James e Riders on the Storm, de homenagem aos Doors.

Sex Pistols em Paredes de Coura

A paragem pop rock seguinte é no minho, em Paredes de Coura, este ano mais recuado no mês de Agosto, entre os dias 31 de Julho e 3 de Agosto.

No mais verdejante dos festivais, junto à praia fluvial do Tabuão, o destaque, para já, porque o cartaz não está fechado, é a estreia em Portugal dos Sex Pistols, renascido das cinzas trinta anos depois da meteórica carreira no panorama punk londrino.

Nesta 16ª edição do Paredes de Coura contam-se ainda as presenças dos dEUS, Mars Volta, Editors, Primal Scream ou Thievery Corporation.

O Carviçais Rock está de regresso a Moncorvo, a 02 e 03 de Agosto, desta vez com carácter bienal, mas não se conhece o cartaz na totalidade.

No mapa festivaleiro, desce-se até à costa alentejana, à Zambujeira do Mar, para o festival Sudoeste, de 7 a 10 de Agosto, com um programa eclético com propostas de diferentes géneros, incluindo o fado, com a participação de Camané.

Bjork, Chemical Brothers, Vanessa da Mata, Franz Ferdinand, Balkan Beat Box e Tindersticks também vão estar no festival alentejano.

Em Sagres, na Praia do Tonel, o Super Bock Surf Fest convida, entre 14 e 15 de Agosto, sobretudo nomes repetentes no panorama musical português, como Massive Attack, José gonzalez e Emir Kusturica.

Fora do universo pop rock e electrónica, há dois outros grandes eventos musicais, que se apresentam anualmente para milhares de pessoas: o Festival Med, em Loulé, e o Músicas do Mundo de Sines e o Allgarve Jazz.

O Festival de Músicas do Mundo de Sines é o mais carismático, propondo, de 17 a 26 Julho, o melhor que se faz anualmente na world music, da China às Américas.

Na recta final do Verão, a rainha da pop, Madonna, estará de volta a Portugal para o já esgotado concerto a 14 de Setembro no Parque da Bela Vista, em Lisboa.

Somando tudo, não há orçamento que resista à vontade de ver todos os concertos. Seriam precisos mais de 600 euros.

(In IOL Diário de 23 de Junho 2008)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *