Banda Graffiti

Banda Sirilanka, Contactos, Orquestras, grupos de baile, bandas, Palco Movel, Orquestra Sirilanka, Banda Sirilanka, Grupo Musical Sirilanka, Grupo Sirlanka, Grupo Sirilanka, Sirilanka, Portugal, grupos musicais, grupo musical srilanka, musique, portugaise, music, portuguese, Conjunto , contactos banda sirilanka
Orquestra Sirilanka
17 Outubro, 2016
Júlio Pereira, contactos, artistas, bandas, musica ao vivo, Musico, Cavaquinho
Júlio Pereira
28 Setembro, 2016

A Orquestra Banda Graffiti em 2017 celebrou 17 anos. A maior estrutura autónoma de espetáculo do país, assente num dos maiores Palcos Móveis da Europa, convida-o(a) a viver uma Experiência Envolvente entre Performances Artísticas, Música, Vídeo, Dança e Efeitos Especiais executada por uma equipa dinâmica com mais 20 profissionais.

Recorde os temas musicais que marcaram as últimas 3 décadas e divirta-se ao som dos mais recentes Hits nacionais e estrangeiros, tudo isto apoiado numa enorme estrutura tecnológica de ponta.

Em termos de custo de produção, esta é a verdadeira perspectiva:
Nunca houve nada tão dispendioso!
Esta produção captou a imaginação das pessoas. É mais do que um simples palco é o maior da Península Ibérica.
Temos que dar algo único ao público , pelo menos algo que eles nunca viram, ou talvez, mais importante, algo que nunca tivessem sentido. Porque, no fim, apesar de toda a arquitectura e inovações científicas, se não sentirem as canções e a banda, de que adianta?
Se pensarmos que um concerto do Grupo Graffiti tem a mesma envergadura que um filme de acção gigantesco, à excepção que mudamos de exteriores todos os dias, percebemos que estamos a construir uma vila, uma cidade, e depois desmantelar, para a enfiar em camiões e seguir viagem no dia seguinte. É realmente impressionante. Tem de ser tudo desmontado e levado para o próximo concerto, portanto, levar um concerto ao ar livre deste tamanho , foi uma estreia nacional.
Onde quer que estivéssemos tínhamos um grande espectáculo, mas um espectáculo sempre diferente.
E esse é outro aspecto interessante desta produção. A parte comercial tem de ser criativa para fazer com que tudo resulte, não é só arte e ciência é cultura e comércio.
Não se olhou a meios para fazer com que isso resultasse para o nosso público.
Foi um processo orçamental complexo muito longo. Grande parte era uma incógnita.
Grupo Graffiti continua a crescer todos os anos… (in)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *