Buba Espinho – Quem sabe um dia (letra,fado)

É facil fazer, Dá pouco trabalho, Açorda Alentejana, Alentejo, Letras, Musica, Portuguesas, Açorda, Tradicional, Canções, Musicas Populares, populares
Açorda Alentejana – É fácil fazer
30 Dezembro, 2018
Fogo de artificio, passagem de ano, 2018, 2019, Porto, Aliados, Pedro Abrunhosa, fogo, foguetes, Oporto, Cidade, Norte, Portugal, Concerto, Abrunhosa, Musica ao vivo
Fogo de artificio, passagem de ano, Porto, Pedro Abrunhosa, 2018, 2019
1 Janeiro, 2019
+

Buba Espinho – Quem sabe um dia (letra,fado)

Buba Espinho, Quem sabe um dia, Fados, Fadista Alentejano, Fado, Alentejo, Letras, Musica, Portuguesas, Alentejanos, Tradicional, Canções, Musicas Populares, populares

Quem Sabe um Dia

Buba Espinho

Letra

Buba Espinho – Quem Sabe um Dia

Minha saudade deita-se tarde, Se tu não vens
E acorda cedo, com esse medo de não voltares
contigo assim, contigo assim,
perto de mim o mundo existe
mas se não vens, mas se não vens
eu vou ao fundo e fico triste

O tempo tarda e tudo é nada longe de ti
e ao ver-te o beijo morde o desejo de estares aqui
Quem sabe um dia a fantasia da minha dor
seja a alegria da eterna noite e muito amor

A lua sempre foi um sol de encanto
que aquece as madrugadas do meu pranto
e faz da luz o dia com que canto
as mágoas com que caio e me levanto

O tempo tarda e tudo é nada longe de ti
e ao ver-te o beijo morde o desejo de estares aqui
Quem sabe um dia a fantasia da minha dor
seja a alegria da eterna noite e muito amor

A lua sempre foi um sol de encanto
que aquece as madrugadas do meu pranto
e faz da luz o dia com que canto
as mágoas com que caio e me levanto

(instrumental)

A lua sempre foi um sol de encanto
que aquece as madrugadas do meu pranto
e faz da luz o dia com que canto
as mágoas com que caio e me levanto
as mágoas com que caio e me levanto
as mágoas com que caio e me levanto
as mágoas com que caio… e me levanto

Letra: Paulo Abreu de Lima
Música: Eduardo Espinho Produção:
Eduardo Espinho — “Quem Sabe Um Dia” © Buba Espinho (Single de Estreia)
Video Buba Espinho – Quem Sabe um Dia
— Captação e Mistura: Pimenta Preta Estúdio (Gonçalo Pimenta e Ivo Costa) Masterização: Canoa Studios Realização e Edição de Vídeo: GMT — Viola de Fado: Flávio César Cardoso Guitarra Portuguesa: Bruno Chaveiro Baixo: Pity Bateria: João Freitas Percussão: Ivo Costa

Diário do Alentejo

11 de novembro de 2016 ·

Bernardo Espinho, 21 anos, natural de Beja
Bernardo Espinho “nasceu”, como músico, no cante alentejano. Integrou os grupos Os Bubedanas, A Moda Mãe e Adiafa. Hoje é o fado que o “embala”. Tem colaborado em parcerias musicais com alguns dos nomes mais sonantes da música portuguesa, como Rui Veloso, António Zambujo, Celina da Piedade, Janita Salomé, Ricardo Ribeiro e Paulo de Carvalho. Presentemente apresenta o seu repertório nalgumas casas de fado, em Lisboa, e prepara o seu disco de estreia, como fadista.

Bernardo Espinho, representando o Centro Cultural Magalhães Lima, foi o vencedor da gala final da III Grande Noite do Fado de Santa Maria Maior, que se realizou no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no passado dia 30 de outubro. Perante uma sala repleta de público, o fadista bejense foi distinguido, pelo júri, com o primeiro lugar, entre os oito finalistas que concorreram ao prémio de melhor intérprete masculino.