Alcobaça
24 Novembro, 2016
Vocês sabém lá
24 Novembro, 2016
+

Figueira, Figueira da Foz
Das finas areias
Berço de sereias
Procurando abrigo.
Estrelas, doiradas estrelas
Enfeitam o Mar
Que pede a chorar
Para casar contigo.
Figueira, e à noite o luar,
Deita-se a teu lado
A fazer ciúmes
Ao teu namorado.
E a Serra, que te adora e deseja,
Também sofre com a luz do Sol
Que te abraça e te beija.

António Sousa Freitas / Nóbrega e Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *